segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Começar de Novo


Começar de novo
Tão só, mais uma vez
A esperar no amanhã
Um novo dia acontecer

Eu tenho nos meus passos
O que não encontrei nos sonhos
São coisas que o destino
Reservou prá me domar

Rebelde a minha sina
Caminho por caminhos que não vejo
Pelo norte que meu sonho ensina
Longe das flores, perto das pedras.

Começar de novo
Mais uma vez, sem ter razão
Trocando mágoas pelos sonhos
Trocando saudade por ilusão

Começar de novo
Sem nenhuma ilusão do futuro,
Sem dar tempo ao pânico
Navegar sem temer o naufrágio.

" Em especial para meus Magos e minha Fadas de plantão"