quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

O Universo está mostrando que chegou a hora.



O grito de dor dos oprimidos se tornou forte demais, rasgando o éter e dando a volta ao mundo, sendo ouvido forte e claro por toda parte. Só não o escuta quem não quer, quem se coloca acima dos demais, acha-se diferente, superior, como ungido por algo sobrenatural, satânico. Em realidade, de nada servirão as riquezas ameaçadas saqueando os povos, ou as poderosas armas guardadas em seus arsenais e palácios, obrigados que são a comprar a felicidade, a fidelidade e os prazeres das "Mil e uma noites". Talvez ainda sejam tão ignorantes acerca das leis da vida que não conheçam nem a primeira, a do carma, que os colocará, quando de sua passagem a outro plano, a sofrer tudo que eles, conscientemente ou não, impuseram a outros irmãos de caminhada.